Portal de Periódicos publicados em OJS versão SEER - Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - versão 2.4.6. BRCdigit@l Interativa Serviço Técnico de Biblioteca e Documentação do Campus de Rio Claro, UNESP Av. 24-A, n. 1515 - Bela Vista 13506-900 - RIO CLARO, SP - BRASIL fones: 55-19-3526-4134, 3526-4125, 3526-9660 - renanr@rc.unesp.br This site adheres to the Open Archives Initiative which is the emerging standard for "open access" research resources and, as such, permits the collective searching of the metadata for all documents in OAI databases.

Revistas

  • Bolema - Boletim de Educação Matemática

    O BOLEMA: Boletim de Educação Matemática é uma das mais antigas e importantes publicações na área da Educação Matemática no Brasil. A Educação Matemática, em síntese, é uma região de inquérito que busca dar respostas a fenômenos educacionais relacionados à Matemática. Com a intenção de disseminar a produção científica em Educação Matemática ou áreas afins, o BOLEMA publica artigos, ensaios e resenhas cujo foco relaciona-se ao ensino e à aprendizagem de Matemática ou ao papel da Matemática e da Educação Matemática na sociedade. Embora nascido vinculado ao Programa de Pós-graduação em Educação Matemática da UNESP de Rio Claro, o BOLEMA – cuja primeira edição é de 1985 – já se tornou um periódico nacional, com corpo editorial e consultores de renome, do país e do exterior, tendo sido avaliado como periódico QUALIS A1 pela CAPES nas áreas de Ensino de Ciências e de Educação. O BOLEMA conta com três edições ao ano e, segundo a demanda da comunidade, publica edições temáticas com a colaboração de editores convidados, com cronogramas próprios, divulgados em Call for Papers específicos.

  • CLIMEP - Climatologia e Estudos da Paisagem

    ATENÇÃO: A Revista CLIMEP se encontra atualmente passando por uma reavaliação e reestruturação, e não está aceitando novas submissões. Informaremos amplamente a comunidade acadêmica quando retomarmos nossas atividades.



    A revista de Climatologia e Estudos da Paisagem é uma publicação semestral dos Laboratórios de Interpretação e Valoração Ambiental e de Climatologia do Departamento de Geografia, e do Laboratório de Geomorfologia, do Departamento de Planejamento Territorial e Geoprocessamento, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, campus de Rio Claro (SP), Brasil, sendo as edições respectivas a janeiro/junho e julho/dezembro.
    Publica artigos originais no campo da Geografia Física, Geociências, Ciências Ambientais e de outras áreas correlatas, divulgando trabalhos de natureza teórica e aplicada.
    A partir de 2013 passa a publicar: (1) Resenhas (livros, teses, dissertações); (2) Notas Técnicas; (3) Transcrições de entrevistas, textos apresentados em reuniões científicas, etc.; (4) Galeria de Imagens Geográficas.


    The Journal of Climatology and Landscape Studies is a semi-annual publication (January/June and July/December editions) of the Interpretation and Environmental Valuation and of the Climatology Laboratories from the Geography Department and Geomorphology Laboratory from the Department of Territorial Planning and GIS, of the Geosciences and Exact Sciences Institute, of the São Paulo State University Júlio de Mesquita Filho, Rio Claro (São Paulo State), Brazil.
    This Journal publishes original articles in the field of Physical Geography, Geosciences, Environmental Sciences and other related areas, disclosing theoretical work and applied works.
    From 2013 begins to publish:(1) Reviews (books, theses, dissertations); (2) Technical Notes; (3) Transcripts of interviews, texts presented at scientific meetings, etc..;
    (4) Gallery of Geographic Images.








  • Educação: Teoria e Prática

    A Revista Educação: Teoria e Prática é uma publicação quadrimestral do Departamento de Educação/IB e do Programa de Pós-Graduação em Educação, da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - UNESP/Câmpus de Rio Claro. Constitui-se em importante instrumento para o diálogo crítico e discussão entre professores, pesquisadores, especialistas em educação e alunos que, ao longo de sua existência, foi fortalecendo sua vocação acadêmica no que concerne à produção de conhecimentos de cunho interdisciplinar, deslocando-se da inserção local, para regional, nacional, com vistas à inserção internacional. A revista contou com uma versão impressa de 1993-2010 (ISSN: 1981-8106) e hoje é eletrônica.

  • Espaço@Ação = Space@Action

    Revista publicada pela Pós-Graduação em Geografia - IGCE - UNESP, Campus de Rio Claro, SP, Brasil. Espaço@Ação = Space@Action divulga a produção do conhecimento geográfico nas seguintes linhas de pesquisa:
    - CONHECIMENTO, EDUCAÇÃO E CULTURA EM GEOGRAFIA.
    - ANÁLISE AMBIENTAL
    - ANÁLISE DA INFORMAÇÃO ESPACIAL
    - DINÂMICA TERRITORIAL E PLANEJAMENTO
    Neste contexto, a revista tem como meta desenvolver e ampliar a divulgação das discussões teóricas e metodológicas da ciência geográfica, dando ênfase aos estudos empíricos.



    Creative Commons License
    Espaço@Ação = Space@Action, Rio Claro, SP, Brasil - eISSN: 1982-2049 - está licenciada sob Licença Creative Commons
  • Geografia

    Geografia recebe para publicação apenas textos inéditos, não privilegiando determinada natureza temática, filosófica ou político-ideológica. Os textos classificam-se como de pesquisa (análise conceitual e resultados de pesquisa), de revisão ou de opinião (compilação comentada e crítica de trabalhos prévios), nota (relato abreviado de trabalho em andamento ou comentário bibliográfico menos elaborado). Geografia publica também resenhas bibliográficas.


    A missão da revista Geografia é a divulgação do conhecimento científico geográfico, no Brasil e no exterior, sob todos os temas e enfoques, caracterizando-se, assim, como revista científica de alto nível na grande área de Ciências Humanas, sub-área de Geografia. Geografia dirige-se especialmente a pesquisadores e estudantes de graduação e pós-graduação em Geografia, interessando, também, a professores desta matéria no ensino fundamental e médio. Pela variabilidade de temas abordados, interessa a profissionais de outras áreas, como geociências, sociologia, economia, planejamento, turismo, cartografia etc.

  • Geosciences = Geociências

    Geosciences = Geociências é uma revista da UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO - UNESP, publicada pelo Instituto de Geociências e Ciências Exatas - IGCE, de Rio Claro. O objetivo da revista é divulgar trabalhos sobre temas da Geologia e Geografia Física, básicos e de aplicação, de interesse para a comunidade geocientífica e profissionais em geral, que está aberta para autores da UNESP e de outras instituições ou empresas, do país e do Exterior.
    Desde a sua criação, em 1982, vem buscando sistematicamente se adaptar às exigências de qualidade impostas pelo meio científico e tecnológico nacional. Em 1992 se projetou além da UNESP, período em que foi introduzido um comitê editorial e a publicação passou a ser semestral. No ano 2000, com o volume 19(1), ocorreu a modernização de lay-out, expansão do corpo editorial e a reformulação das normas para publicação de trabalhos, objetivando ajustar-se aos padrões hoje adotados, garantir a qualidade e o sucesso da publicação, adequando-se aos avanços tecnológicos disponíveis. Buscando atender da melhor forma possível a comunidade, no ano de 2005 a periodicidade passou a ser quadrimestral e, a partir de 2006, trimestral.
    Atualmente o Corpo Editorial da Geosciences = Geociências está trabalhando para que toda submissão, avaliação e divulgação seja realizada de forma eletrônica pelo SEER – Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas.




    Creative Commons License
    Geosciences = Geociências, Rio Claro, SP, Brasil - eISSN: 1980-900X - está licenciada sob Licença Creative Commons
  • Holos Environment

    A Holos Environment é aberta à publicação de trabalhos científicos originais que contribuam para desenvolvimento das ciências ambientais, na forma de artigos, “short communications”, “book reviews”. A revista destaca-se por possuir caráter interdisciplinar e visa atender a temática ambiental sob uma visão holística. Sendo assim, seu público alvo é constituído por pesquisadores envolvidos com as ciências ambientais tais como: biólogos, ecólogos, geólogos, físicos, agrônomos e engenheiros. A seleção dos artigos é feita por um corpo editorial de alto padrão científico. A Revista Holos Environment é um periódico com classificação QUALIS Nacional e Internacional.

    INDEXADORES: DOAJ. Directory of Open Access Journals - PKP. Public Knowledge Project - Google Acadêmico

    DIRETÓRIOS: LATINDEX - Diretório de Revistas Brasileiras em SEER - Portal LivRE do Centro de Informações Nucleares

     
    Creative Commons License  HOLOS ENVIRONMENT, Rio Claro, SP, Brasil - - - eISSN: 1519-8634 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons

  • Naturalia

    Indexação: CABI


    A Revista Naturalia (eISSN:2177-0727) publica somente trabalhos originais na área de Ciências Biológicas.


    Os trabalhos na revista Naturalia são publicados nas seguintes seções:

    Artigos Originais, Comunicações Curtas, Artigos de Revisão e Artigos de Divulgação.

    A partir de 2009 os artigos são publicados Ahead of Print, i.e., os textos completos dos artigos são publicados individualmente no SUMÁRIO de cada volume assim que são finalizados os seus procedimentos editoriais. Desta forma o SUMÁRIO de um novo volume poderá ter sua editoração incompleta até que todos os seus artigos estejam finalizados. Adota também a política de auto-arquivamento por meio da submissão on-line dos originais (em inglês ou português) pelo(s) próprio(s) autor(es) dos trabalhos.

    Somente os trabalhos da seção Artigos Originais são organizados em: RESUMO, ABSTRACT, INTRODUÇÃO, MATERIAIS E MÉTODOS, RESULTADOS E DISCUSSÃO, AGRADECIMENTOS E REFERÊNCIAS. As citações no texto e as referências seguem as normas da ABNT. Para mais informações consultar um trabalho recentemente publicado na Naturalia.








    Creative Commons License

    Naturalia, Rio Claro, SP, Brasil - está licenciada sob Licença Creative Commons

  • OLAM - Ciência & Tecnologia


    A revista OLAM* teve início em 2001 sob o formato de CD-rom, ISSN 1519-8693, abrangendo as edições do Ano I, vol. 1, no. 1 - agosto/2001 até Ano VII, vol. 7, no. 1 - maio/2007. A partir de sua edição V. 7, N. 2 (2007) passou a ser publicada online, mediante o Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER), com o ISSN 1982-7784, apresentando edições temáticas anuais e edições especiais.
    Busca atender diferentes interesses profissionais e acadêmicos, com a divulgação de estudos e pesquisas multidisciplinares na área ambiental, enfocando diferentes abordagens e perspectivas, contribuindo para a difusão e intercâmbio de conhecimentos teóricos ou aplicados, bem como para a formação de redes de pesquisadores nacionais e estrangeiros. Informamos que não estamos associados a programas de pós-graduação.


    *Olam em hebraico significa universo





    The Journal OLAM* has began to be published in August 2001 under a CD-rom format, ISSN 1519-8693, covering the editions from Year I, 2001 Aug;1(1) up to Year VII, 2007 May; 7(1). From the edition 7(2) 2007 the journal passed to be published online, through the Electronic System for Journal Publishing (SEER), ISSN 1982-7784, presenting regular semi-annual thematic issues and special editions.
    This publication looks forward to attend different professional interests and academics, with the dissemination of studies and multidisciplinary research in environmental, focusing on different approaches and perspectives, contributing to the dissemination and exchange of theoretical or applied knowledge, as well as developing a network of national and foreign researchers. Please be advised that we are not associated with graduate programs.


    * Olam in Hebrew means universe



     




  • Pesquisa em Educação Ambiental

    Pesquisa em Educação Ambiental trata-se de um periódico semestral e inter institucional, envolvendo pesquisadores de três instituições universitárias do Estado de São Paulo, quais sejam: a Universidade Federal de S.Carlos - UFSCar (Programas de Pós-Graduação em Ecologia e Recursos Naturais e Pós-Graduação em Educação), a Universidade Estadual Paulista – Rio Claro - UNESP (Grupode Pesquisa “A temática ambiental e o processo educativo” do Programa de Pós-Graduação em Educação do Instituto de Biociências) e a Universidade de São Paulo - USP (Laboratório Interdisciplinar de Formação do Educador-LAIFE da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto).