COMPONDO UMA HISTÓRIA DO PROJETO LOGOS II NO ESTADO DE RONDÔNIA (1970-1990)

Palavras-chave: Professores Leigos. Formação de professores. História da Educação.

Resumo

Na década de 1970, em diversos estados do Brasil, foi implantado o Projeto Logos II. O objetivo desse projeto era habilitar professores sem formação, também conhecidos como leigos. No estado de Rondônia, o Logos II começou a funcionar em 1976, sendo que sua expansão para as cidades do interior ocorreu a partir da década de 1980. Diante desse quadro, este artigo tem como objetivo discutir e compor uma história de como se deu a implantação e o desenvolvimento do Projeto Logos II ao longo dos anos no estado de Rondônia. Como referencial teórico-metodológico, foram utilizados a triangulação de dados de Sandra Mathison (1988), o paradigma indiciário de Carlo Ginzburg (1989) e a crítica ao documento de Marc Bloch (2001). Os documentos que constituíram fontes foram compostos por módulos de ensino, legislações, fichas de matrículas, históricos escolares, diplomas, fotos de alunos e professores, além de outros documentos. Os resultados indicaram que o Projeto Logos II em Rondônia formou e habilitou muitos professores da zona rural, que passaram por diversas dificuldades para a realização do curso em função da falta de infraestrutura. Palavras-chave: Professores Leigos. Formação de professores. História da Educação.

Biografia do Autor

Cristiane Talita Gromann de Gouveia, Universidade Estadual Paulista – Câmpus de Rio Claro
Doutoranda em Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação, Instituto de Biociências - UNESP/Rio Claro.
Arlete de Jesus Brito, Universidade Estadual Paulista – Câmpus de Rio Claro
Professora Livre Docente em História e Educação Matemática, pela UNESP. Possui pós-doutorado pela Universidade de Bielefeld, Alemanha (2009) e doutorado pela Faculdade de Educação da UNICAMP. Atualmente é professora da Universidade Estadual Paulista – Júlio de Mesquita Filho (UNESP).
Publicado
2019-04-02