Expectativas de Jovens e Adultos do Ensino Médio Sobre a Escola e sua Relação com a Disciplina de Biologia: uma experiência em uma escola pública do Rio de Janeiro

  • Alexandre Marques Jaloto Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - INEP
Palavras-chave: educação de jovens e adultos, práticas curriculares, ensino de biologia

Resumo

A Educação de Jovens e Adultos (EJA) é uma modalidade de ensino da educação básica, e por isso se constitui em um espaço de características distintas do ensino regular. Tais características são devidas ao público a que ela se destina: indivíduos que retornam à escola ou repetentes de séries anteriores que buscam a conclusão do ensino básico em uma corrida contra uma exclusão não tolerável na nossa competitiva sociedade. Este trabalho teve como objetivo a busca pela compreensão das expectativas dos alunos de EJA sobre o ensino nessa modalidade a partir da experiência docente desenvolvida em uma escola da rede estadual do Rio de Janeiro. O texto tratará do histórico da EJA e da diversidade desse público, fatores que trazem reflexões sobre as especificidades dessa modalidade de ensino. Tais reflexões fazem serem necessárias transformações no currículo de biologia que trazem diferenças em relação ao ensino regular. Essas transformações podem ser observadas a partir da escolha e da produção de materiais didáticos. Assim, serão trazidas as atividades realizadas por mim em sala, fruto das reflexões surgidas a partir do estudo dessa diversidade, atividades essas que buscavam a construção de uma pedagogia libertadora, de modo a ser de fato socialmente transformadora.

Biografia do Autor

Alexandre Marques Jaloto, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - INEP
Professor de Ciências e Biologia atualmente atuando na Diretoria de Avaliação da Educação Básica do INEP.
Publicado
2011-10-04
Seção
Artigos