USOS E ABUSOS DO TERRITÓRIO, PAISAGEM E PROBLEMAS ESPACIAIS RELACIONADOS AO PROCESSO DE SALINIZAÇÃO DO BAIXO SÃO FRANCISCO

  • Agnes de França Dantas Serrano Doutoranda em Geografia pela Universidade de Brasília - UnB

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo refletir acerca de alguns dos problemas socioespaciais relacionados ao processo de salinização do Baixo São Francisco por meio da análise da transformação da paisagem e do conceito de uso do território. Considera a apropriação dos recursos hídricos do rio para a instalação de hidrelétricas a fim de gerar energia e para o desenvolvimento da agricultura como usos que provocaram a salinização do Baixo São Francisco, que tem como uma de suas consequências o desaparecimento da antiga vila do Povoado Cabeço, no litoral do estado de Sergipe. Este artigo se propôs a dar luz a algumas das questões enfrentadas em âmbito espacial a partir das ações que têm provocado a salinização do rio e aos desdobramentos dela decorrentes, e, a partir de suas reflexões, fortalecer o chamado para os olhares e pesquisas geográficas sobre a temática discutida.

Publicado
2019-08-02
Seção
Artigos