INTERPRETAÇÃO AMBIENTAL DO GEOPATRIMÔNIO DO PARQUE ESTADUAL DO IBITIPOCA/MG POR MEIO DE PAINÉIS: ALGUMAS ORIENTAÇÕES

  • Lilian Carla Moreira Bento Prof. Dr. Curso de Geografia da FACIP-UFU.
  • Sílvio Carlos Rodrigues Instituto de Geografia - Universidade Federal de Uberlândia

Resumo

A interpretação ambiental busca o entendimento da natureza através de diferentes recursos, tais como os painéis. Em pesquisas anteriores, foi diagnosticada a demanda por esse tipo de recurso no Parque Estadual do Ibitipoca/MG (PEI) e, como não existe nenhum programa educativo voltado especificamente para o geopatrimônio, essa pesquisa se propôs a apresentar algumas orientações para a elaboração de painéis a serem afixados em geossítios de grande valor didático e turístico. Tendo como ponto de partida os resultados de uma avaliação numérica dos geossítios desse parque, realizada em outra pesquisa, chegou-se a conclusão de que existem quatro pontos ideais para a colocação dos painéis, sendo estes: Pico do Pião, Gruta dos Coelhos, Cachoeira dos Macacos e Prainha. A implantação destes painéis, a cargo da direção do parque, será de grande relevância no processo de geoconservação, promovendo a valorização e divulgação do geopatrimônio que este parque apresenta.

Publicado
2020-05-07
Seção
Artigos