DINÂMICAS DE INTEGRAÇÃO AÉREA E ESTRATÉGIAS DE USO CORPORATIVO DO TERRITÓRIO BRASILEIRO: O CASO DA AZUL LINHAS AÉREAS

  • Ivy Mori Moreira Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
  • Francisco das Chagas do Nascimento Jr Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Resumo

Nas últimas décadas, o sistema de transporte aéreo brasileiro experimentou um significativo processo de expansão e reconfiguração, resultado, por um lado, da ampliação das demandas por circulação rápida instituída no território nacional e impulsionado, por outro lado, pelas políticas neoliberais de “desregulação do setor aéreo” promovidas pelo Estado. A pesquisa que resultou neste artigo teve como objetivo geral compreender a lógica que rege o atual processo de integração aérea do território nacional e buscou analisar, especialmente, as estratégias de uso do território estabelecidas pelas empresas aéreas operantes no país. Para tanto, realizou-se uma breve análise da territorialidade da Azul Linhas Aéreas. O estudo da topologia territorial da Azul se constituiu num caso bastante representativo para a compreensão do atual processo de integração aérea nacional, bem como se definiu como um exemplo emblemático do uso seletivo, desigual e hierárquico do território realizado pelas grandes companhias aéreas no Brasil.

Publicado
2020-04-30
Seção
Artigos