O DEPÓSITO POTASSÍFERO DE AUTAZES NO CONTEXTO ESTRATIGRÁFICO DA BACIA DO AMAZONAS

  • Gustavo Lage Sousa KIEFER (1) Programa de Pós-graduação em Geociências - Instituto de Geociências - Universidade Federal de Minas Gerais; Av. Antônio Carlos, 6627 - Campus Pampulha - CEP 31270-901 - Belo Horizonte – MG (3) Potássio do Brasil Ltda.; Rua Antônio de Albuquerque, 156 - 15o andar – Funcionários - CEP 30112-010 - Belo Horizonte – MG http://orcid.org/0000-0002-0062-6279
  • Alexandre UHLEIN (2) Universidade Federal de Minas Gerais, Instituto de Geociências - Centro de Pesquisa Manoel Teixeira da Costa – CPMTC; Av. Antônio Carlos, 6627 - Campus Pampulha - CEP 31270-901 - Belo Horizonte – MG
  • José Jacob FANTON (3) Potássio do Brasil Ltda.; Rua Antônio de Albuquerque, 156 - 15o andar – Funcionários - CEP 30112-010 - Belo Horizonte – MG

Resumo

RESUMO - O Depósito Potassífero de Autazes, com reservas totais superiores a 767 Mt e teor médio de 30,71% de cloreto de potássio (KCl), corresponde a um horizonte mineralizado sub-horizontal, posicionado nos estratos superiores do Ciclo VII da Sequência Evaporítica Pensilvaniana-Permiana da Bacia do Amazonas. Este trabalho apresenta as características gerais da mineralização do depósito a partir dos dados oriundos do programa de pesquisa mineral para sais de potássio empreendido pela Potássio do Brasil Ltda., entre os anos de 2010 e 2014, na região de Autazes, Amazonas, Brasil. Esses dados indicam que a mineralização em Autazes abrange uma área de 155 km², com espessura média de 2,07 m e situa-se entre as profundidades de 685 m e 865 m, segundo três unidades contíguas e sobrepostas denominadas, da base para o topo, como: 1) Intervalo Mineralizado Inferior; 2) Intervalo Mineralizado Intermediário; 3) Intervalo Mineralizado Superior; com marcantes variações nas distribuições dos teores de KCl e espessuras, associadas a feições petrográficas, geoquímicas e mineralógicas dessas unidades nas regiões nordeste, noroeste e sul do depósito.

Biografia do Autor

Gustavo Lage Sousa KIEFER, (1) Programa de Pós-graduação em Geociências - Instituto de Geociências - Universidade Federal de Minas Gerais; Av. Antônio Carlos, 6627 - Campus Pampulha - CEP 31270-901 - Belo Horizonte – MG (3) Potássio do Brasil Ltda.; Rua Antônio de Albuquerque, 156 - 15o andar – Funcionários - CEP 30112-010 - Belo Horizonte – MG

Graduação em Geologia. (2003 a 2008). Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Belo Horizonte, Brasil Título: Geologia da região de Pedra Bonita, Minas Gerais; 2008 Orientador: Carlos Mauricio Noce. Mestrando em Geologia Regional. (2016 a presente). Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Belo Horizonte, Brasil Título: Caracterização faciológica das sequências sedimentares superiores do Ciclo estratigráfico VII da Bacia do Amazonas - Depósito de minério de pótassio de Autazes - Amazonas. Orientador: Alexandre Uhlein Geólogo de Exploração Pleno. (2009 a presente). Forbes & Manhattan Group. Projeto Potássio Amazonas. Potássio do Brasil Ltda.

Publicado
2019-08-20