A escola e o renascimento da terra: educação na terra indígena Te´ýkue

  • Verônica Maria Bezerra Guimarães Universidade Federal da Grande Dourados

Resumo

O trabalho analisa o papel da educação escolar na terra indígena Te´ýikue, Caarapó, Mato Grosso do Sul, na construção de projetos de recuperação ambiental. Foi realizado um estudo de caso através de pesquisa qualitativa com trabalho de campo por via de técnicas de observação direta, conversas, depoimentos, diários de campo, caminhadas, registro de fotografia e participação em encontros de professores indígenas. A população de estudo está caracterizada através de grupos representativos de: idosos, rezadores, professores e lideranças. O modelo de educação adotou o ensino da língua materna; a gestão compartilhada da escola; a valorização do conhecimento da cultura kaiowá-guarani; a construção de metodologias e de recursos didáticos próprios e a formação de professores indígenas. Foram realizados: projetos ambientais com a participação da comunidade; viveiro de mudas; unidade experimental; reflorestamento; recuperação de nascentes e de microbacias e um Fórum de discussões.

Biografia do Autor

Verônica Maria Bezerra Guimarães, Universidade Federal da Grande Dourados

Mestrado em Direito Público pela UFPE. Doutorado em Desenvolvimento Sustentável pela Unb. Professora Adjunta na UFGD.

Publicado
2019-01-19
Seção
Artigos