Uma Caracterização do Centro de Educação Matemática – CEM (1984–1997) como uma Comunidade de Prática de Formação Continuada de Professores de Matemática

  • Heloisa da Silva

Resumo

O artigo apresenta alguns resultados da investigação realizada sobre o Centro de Educação Matemática (CEM), um grupo de educadores matemáticos da cidade de São Paulo atuante principalmente entre os anos de 1984 e 1997. Para configurar uma posição sobre o processo de constituição da identidade do CEM são trazidos à cena o método da História Oral e as teorias da identidade. No ensaio, marcado por um exercício de constituir a identidade do CEM a partir da caracterização da produção dessa comunidade no interior de sua prática, assume-se que o processo de constituição de identidades não se refere ao que o CEM é ou foi, mas a um conjunto de possibilidades de apreendê-lo a partir de estratégias e iniciativas desenvolvidas em determinadas condições e tempo históricos. Três aspectos de relação mediante os quais a prática se converte em fonte de coerência do CEM são explicitadas com vista a essa comunidade: o compromisso mútuo, o empreendimento conjunto e o repertório compartilhado, permitindo revelar ações e produções na história da formação continuada de professores de matemática na grande São Paulo.
Publicado
2015-09-24
Seção
ARTIGOS