Pesquisa em Educação Matemática e mentalidade bélica

  • Antonio Miguel Unicamp

Resumo

Neste artigo, vamos considerar a questão da relação entre pesquisa em educação matemática e transformação social. Num primeiro momento, argumentaremos em favor do ponto de vista de que a mentalidade bélica teria constituído o principal fator que teria levado ao surgimento histórico do matemático profissional e do professor de matemática, bem como ao surgimento da matemática e da educação matemática como práticas sociais autônomas de pesquisa. Em seguida, com base no aforismo estético de Whitehead de que a função da razão é promover a arte da vida, argumentaremos em favor da necessidade de se combater essa mentalidade bélica através do desenvolvimento de uma educação ético-política baseada em usos sociais da matemática, no passado e no presente, que nunca são neutros em relação a essa ética. Palavras-chave: Pesquisa em Educação Matemática. Mentalidade Bélica. Educação Ético-Política.
Publicado
2008-10-20
Seção
ARTIGOS