<b>História da Educação e Literatura:possibilidades de relações</b>

  • Arlete de Jesus Brito Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho
  • Maria Augusta Ribeiro Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho

Resumo

Nas últimas décadas do século XX, a história da educação, bem como a da educação matemática, tem como referenciais, prioritariamente, a história nova e a história cultural. Tais referenciais vêm ocasionando mudanças, não apenas nos objetos de pesquisa, mas também nos métodos e fontes utilizados por tais histórias. Apesar da diversificação de fontes, há algumas que ainda não têm feito, sistematicamente, parte das pesquisas nessa área, tais como os textos de ficção. Segundo Lajolo (1997), a literatura é radar e espelho dos valores, emoções, sentimentos e pontos de vista das sociedades, portanto é possível questionar textos literários com perguntas que visem à elaboração de uma narrativa histórica. Neste artigo, os rastros e fios deixados pelos textos literários Novelas Paulistanas e Memórias de um Sargento de Milícias nos conduziram a uma pesquisa histórica, em fontes secundárias, com o intuito de compreender parte do processo educacional escolar do Brasil Império, no Rio de Janeiro, e da Primeira República, em São Paulo. Palavras-chave: História da Educação. História da Educação Matemática. Literatura. Indícios.
Publicado
2013-08-24
Seção
ARTIGOS