SOUZA, M. C. R. F.; FONSECA, M. C. F. R. <b>Relações de Gênero, Educação Matemática e discurso </b>- enunciados sobre mulheres, homens e matemática. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2010.

  • Marco Aurélio Kistemann Jr. Universidade Federal de Juiz de Fora

Resumo

Já na introdução, as autoras discutem as relações entre gênero e matemática, afirmando que esses estudos são uma novidade no campo da Educação Matemática no Brasil. Revelam, ainda, que ao voltarem seus olhares para essas relações de gênero e matemática, procuram não deixar capturar-se, ao focar tais relações, por armadilhas que possam comprometer a elaboração de argumentos que contradigam as asserções que defendem a matemática como própria ao masculino, como aquelas que afirmam que é parte da natureza masculina ser sempre bom em matemática, que a razão é intrínseca aos homens e a desrazão vinculada ao feminino. ...

Biografia do Autor

Marco Aurélio Kistemann Jr., Universidade Federal de Juiz de Fora
Doutor em Educação Matemática, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Rio Claro, SP. Professor do Departamento de Matemática da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Juiz de Fora, MG, Brasil.
Publicado
2012-05-20
Seção
RESENHAS