<b>Percepções de Concluintes de Pedagogia sobre a Formação Inicial do Professor para a Docência de Matemática</b>

  • Nielce Meneguelo Lobo da Costa
  • Marinês Yole Poloni

Resumo

Este artigo apóia-se em resultados de pesquisa realizada com sujeitos de cinco universidades da cidade de São Paulo – Brasil, cujo objetivo foi investigar percepções de concluintes de Pedagogia quanto ao conhecimento matemático, didática, currículo e planejamento, bem como sobre a formação da identidade profissional docente. O referencial teórico foi construído a partir dos estudos de Shulman (1987), Ponte e Oliveira (2002), Schön (1995) e Tardif (2002). A investigação classifica-se como qualitativa, com análise interpretativa. Aplicaram-se questionários e entrevistas, visando alcançar os objetivos descritos. Observou-se que esses futuros professores não se percebem como conhecedores de conteúdos que devem lecionar, tais como: Operações com Frações, Geometria e Tratamento da Informação. Concluiu-se que, para que tais professores utilizem métodos, técnicas e materiais inovadores e para que haja um melhor desenvolvimento do conhecimento profissional faz-se necessário um equilíbrio da equação Teoria x Prática durante todo o curso de Pedagogia e, para isso, a parceria entre Universidade e Escola seria um caminho possível. Palavras-chave: Formação Inicial de Professores. Ensino de Matemática. Professores dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Percepções de futuros professores.
Publicado
2013-08-10
Seção
ARTIGOS