A FAVELA CIDADE DE DEUS EM CAMPO GRANDE – MS: GÊNESE, CONFLITOS E A NEGAÇÃO DO DIREITO À MORADIA

  • Daniel Henrique Wirti UEMS
  • Mara Lúcia Falconi da Hora Bernardelli Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS)

Resumo

A pesquisa em foco debruçou-se em analisar a história da favela Cidade de Deus em Campo Grande, MS. Discutimos os conceitos de favela e de segregação socioespacial como parte da dinâmica da reprodução da cidade no contexto de uma sociedade de classes, em que o acesso à terra urbana e aos meios de consumo coletivos são regidos pela lógica do mercado imobiliário. Os primeiros barracos foram erguidos entre 2008 e 2009, segundo nossa pesquisa de campo. Esta ocupação irregular surgiu especialmente pela falta de condições financeiras das famílias de pagarem aluguéis e pela proximidade com o antigo lixão, pois muitos sobreviviam (e ainda sobrevivem) trabalhando na catação de materiais recicláveis. No final de 2011, a Prefeitura Municipal de Campo Grande realizou a entrega de 366 moradias na área, no denominado Residencial José Teruel Filho, porém a favela, agora em sua segunda fase, permanece abrigando outras famílias carentes de moradia digna.

Biografia do Autor

Daniel Henrique Wirti, UEMS
Licenciado em Geografia pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
Publicado
2017-02-20
Seção
Artigos