ÍNDIOS URBANOS: A MIGRAÇÃO DO POVO PANKARARU PARA A CIDADE DE SÃO PAULO: ASPECTOS TERRITORIAIS E IDENTIT´ÁRIOS

Resumo

O povo Pankararu é uma etnia indígena que tem sua origem no sertão de Pernambuco e há décadas estabeleceu uma rota migratória para a cidade de São Paulo, em especial para a favela do Real Parque, localizada no distrito do Morumbi. Devido à escassez de recursos, problemas fundiários e adversidades climáticas, uma parcela da população migra para São Paulo em busca de melhores condições de subsistência e tenta se estabelecer no local onde já existe um grupo dessa etnia. A presente pesquisa possui abordagem qualitativa e tem como objetivo compreender as relações estabelecidas no processo migratório do povo indígena Pankararu e questões territoriais, culturais, sociais e históricas decorrentes deste processo, do interior de Pernambuco para a cidade de São Paulo. Através de entrevistas semiestruturadas, realizadas com os indígenas moradores do Real Parque, pôde-se perceber o contraste social entre a favela do Real Parque e o bairro de mesmo nome e o Morumbi.

Biografia do Autor

ANGELO JOSÉ DE OLIVEIRA JUNIOR, Universidade Federal de Alfenas-MG

Licenciatura em Geografia na Universidade Federal de Alfenas-MG 2019

Professor da rede estadual de ensino de Minas Gerais

Publicado
2021-05-25
Seção
Artigos