AVALIAÇÃO GEOAMBIENTAL DA BACIA HIDROGRÁFICA DO CÓRREGO BAGAGEM, GOIÁS – GO

  • FERNANDA ALVES DE OLIVEIRA FERREIRA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS - CORA CORALINA
  • JOSÉ CARLOS DE SOUZA
  • DIEGO TARLEY FERREIRA NASCIMENTO

Resumo

Este artigo apresenta uma análise geoambiental integrada da paisagem da Bacia Hidrográfica do Córrego Bagagem, considerando parâmetros físico-ambientais e climáticos associados aos múltiplos usos do solo e dos recursos hídricos. Para isso, foram levantadas e avaliadas as características pedológicas, geomorfométricas, climáticas e de uso e cobertura do solo, com aplicações de técnicas de geoprocessamento. Os resultados indicaram que há um predomínio de cobertura natural de Cerrado (57%), mas, as características pedológicas e morfométricas atribuem alta fragilidade ambiental à bacia. As características geométricas da drenagem associadas aos elementos do meio físico e ao regime de chuvas concentradas atribuem à bacia potencial à erosão, assoreamento e ocorrência de enchentes. As pastagens são a principal cobertura antrópica na bacia (39%) e evidenciam extensas áreas degradadas, resultado da falta de manejo, apresentando solos compactados. Essa situação é agravada pelo déficit hídrico no período seco, o que provoca a redução da cobertura verde e das chuvas intensas do período úmido, que, por sua vez, causa erosões. Foram identificados conflitos de usos nas APPs que estão ocupadas, principalmente, por pastagens (26,49%). A totalidade das drenagens da bacia apresenta intermitência no período de estiagem e infere-se que o represamento das drenagens à montante e o desmatamento de nascentes são as possíveis causas. O produto final desta pesquisa tem a finalidade de subsidiar planos de manejo da bacia, com enfoque nas fragilidades ambientais, principalmente nos conflitos de uso do solo e da água. 

Biografia do Autor

FERNANDA ALVES DE OLIVEIRA FERREIRA, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS - CORA CORALINA

Possui graduação em Licenciatura Plena em Geografia pela Faculdade de Filosofia Cora Coralina (1995). Especialização em Docência Universitária pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás - PUC (1998), Especialização em Educação Ambiental pela Universidade Estadual de Goiás (2002), Especialização em Gestão a Educação Pública pela Universidade Federal de Juiz de Fora, Mestrado em Geografia, com ênfase em Análise Geoambiental da Bacia Hidrográfica do Rio Bagagem pela Universidade Estadual de Goiás (2021). Atualmente é docente no CEPMG, Pesquisadora em Geotecnologias aplicadas à análise espacial (GEOTEC/UEG),Tesoureira do Sindicato dos Trabalhadores em Educação - Regional de Goiás e Coordenadora para assuntos relacionados ao ensino da Associação de Geógrafos do Brasil (AGB). Tem experiência na área de Geografia, bacia hidrográfica e geotecnologias. ORCID: https://orcid.org/0000-0002-4791-477X

JOSÉ CARLOS DE SOUZA

Possui graduação (Licenciatura) em Geografia pela Universidade Estadual de Goiás (2001), Especialização em Geografia, Meio Ambiente e Turismo pela Universidade Estadual de Goiás (2003), mestrado em Geografia, com ênfase em Geografia Física pela Universidade Federal de Goiás (2010) e Doutorado em Ciências Ambientais (Área de Concentração: Diagnóstico, Tratamento e Recuperação Ambiental) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho/Instituto de Ciência e Tecnologia de Sorocaba. Atualmente é docente em Regime de Dedicação Exclusiva da Universidade Estadual de Goiás, no curso de Geografia (Graduação e Mestrado) nos Campus Cora Coralina e Minaçu. Atua no ensino de Geologia, Pedologia e Geoprocessamento e desenvolvendo pesquisas em análise da vegetação de Cerrado, através de técnicas de sensoriamento remoto, estudos geoambientais em bacias hidrográficas e ecologia de paisagem.

DIEGO TARLEY FERREIRA NASCIMENTO

Possui Graduação (2009), Mestrado (2011) e Doutorado (2016) em Geografia pela Universidade Federal de Goiás. Tem experiência profissional como consultor ambiental e docente de ensino superior, tendo atuado como consultor em geoprocessamento na Petrobrás e em Furnas Centrais Elétricas e docente na Faculdade Católica de Anápolis, na Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás) e na Universidade Estadual de Goiás (UEG - Câmpus Iporá). Atualmente é Professor Adjunto na Universidade Federal de Goiás, atuando na área de Geografia Física e Geomática, com ênfase em Cartografia, Geoprocessamento, Sensoriamento Remoto e Climatologia. Também é professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Estadual de Goiás - Câmpus Cora Coralina, orientando no Mestrado.

Publicado
2021-11-22
Seção
Artigos