NA BEIRA DO RIO: LUGAR, MEMÓRIAS E SIMBOLISMO EM PINDARÉ MIRIM-MA

  • JOSE AGLAILTON DOS SANTOS MONTEIRO UEMA
  • LUCIANO SILVA GOUVEIA uema

Resumo

Quando se trabalha o conceito de lugar, potencializa as experiências dos moradores que ali vivem e convivem. O objetivo da pesquisa é identificar as relações existentes entre os moradores com seu espaço vivido, com o rio, engenho e as demais formas simbólicas da área central, ressaltando também a premissa de que a cidade tem mudado e, o que lugar também gera relações de produções sociais indissociável das experiências vividas, juntamente com a percepção deles acerca das mudanças desse lugar. O trabalho utilizou como metodologia a abordagem qualitativa, utilizando entrevista e questionários com os moradores. Constatou-se que o bairro proporciona um certo conforto de acesso a diversos serviços, evitando que os mesmos se desloquem para outros lugares distantes, que ocorrem um envolvimento sentimental com o Engenho e o rio Pindaré os dois maiores símbolos da cidade, representado a cultura, a renda e o turismo do lugar, além das lembranças vividas de uma época e do presente.

Biografia do Autor

LUCIANO SILVA GOUVEIA, uema

Estudante de mestrado-UEMA

Publicado
2022-06-03
Seção
Artigos