PEGADA ECOLÓGICA: INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DOS IMPACTOS ANTRÓPICOS NO MEIO NATURAL

  • Renata da Costa Pereira Jannes Cidin Ufscar
  • Ricardo Siloto da Silva Ufscar

Resumo

Na busca de uma vida satisfatória para todos, em consonância com a capacidade regenerativa da natureza, o presente artigo aborda a inserção da pegada ecológica enquanto instrumento capaz de revelar quanto de área produtiva de terra e de mar do planeta é necessário para prover os recursos e assimilar os resíduos gerados pelas atividades humanas. Uma análise biofísica, por um lado, reflete a realidade ecológica para um futuro mais seguro e melhor. Entretanto, por outro lado, mostra que o empreendimento humano não pode ser expansionista infinitamente sobre os recursos da natureza. Dessa maneira, é possível de se estabelecer benchmarks para uma avaliação do grau de sustentabilidade em diferentes níveis de abrangência. Palavras-chave: atividades humanas, sustentabilidade, área produtiva, resíduos, recursos.

Biografia do Autor

Renata da Costa Pereira Jannes Cidin, Ufscar
Aluna de pós-graduação do curso de Engenharia Urbana da Universidade Federal de São Carlos
Ricardo Siloto da Silva, Ufscar
Prof. Dr. do curso de graduação de Engenharia Civil e de pós-graduação em Engenharia Urbana da Universidade Federal de São Carlos.
Publicado
2007-04-20
Seção
Artigos