ANÁLISE SOCIOAMBIENTAL DA INCIDÊNCIA DE DENGUE NO DISTRITO SANITÁRIO DA COHAB, SÃO LUÍS – MA

  • Yata Anderson Gonzaga Masullo IMESC

Resumo

O estudo tem o objetivo avaliar as condições socioambientais e as políticas públicas que influenciam na incidência da Dengue, usando como modelo para a elaboração do estudo a área referente ao Distrito Sanitário da Cohab em São Luís – MA. A partir do método hipotético-dedutivo, parte-se de hipóteses formuladas para deduzir implicações e consequências da relação homem/paisagem, utilizando como tipo de pesquisa, a qualitativa e técnicas de SIG’s foi possível relacionar à proliferação da Dengue com o crescimento urbano. Assim o estudo mapeou a dinâmica espacial do Aedes Aegypti e correlacionou tendências, variabilidades e mudanças climáticas que influenciam na proliferação do vetor; avaliando as condições socioambientais urbanas. A partir da análise desenvolvida, percebeu-se que mesmo com a grande influência das questões ambientais, os condicionantes sociais são os principais fatores para irradiação da Dengue, concentrando a maior parte dos casos em Aglomerados subnormais e em áreas com pessoas vivendo na extrema pobreza. Palavras - chaves: Dengue; Indicadores Socioambientais e Distrito Sanitário da COHAB.
Publicado
2015-09-11
Seção
Artigos