GESTÃO DA ÁGUA E DOS RECURSOS HÍDRICOS NO BRASIL: AVANÇOS E DESAFIOS A PARTIR DAS BACIAS HIDROGRÁFICAS – UMA ABORDAGEM GEOGRÁFICA

  • Francisco MENDONÇA UFPR
  • Leonardo Joseé Cordeiro SANTOS UFPR

Resumo

O Brasil, um país de dimensão continental, possui uma excepcional disponibilidade natural de água. Por conseqüência, decorre desta riqueza uma crença de que a água é um recurso infinito, donde uma “cultura do desperdício”. A legislação que atribui aos recursos hídricos um caráter de bem público é muito recente e os estados federados vivenciam enormes dificuldades para aplicar as novas leis, que têm por objetivo a gestão da água a partir de bacias hidrográficas. Os novos e recentes parâmetros legais e políticas públicas para a gestão da água no Brasil introduzem o princípio de uma “cultura do compartilhamento”. As escalas das bacias hidrográficas brasileiras e os problemas ligados ao saneamento ambiental, principalmente nas regiões agrícolas e urbano-industriais, apresentam importantes desafios para a gestão da água e das bacias hidrográficas no Brasil. A elaboração de diagnósticos e análise ambiental por microbacias coloca em evidência uma contribuição geográfica detalhada para a gestão destes recursos hídricos. Três metodologias específicas para o zoneamento, planejamento e gestão ambiental de meso e microbacias hidrográficas são apresentadas no conteúdo deste texto. Palavras-chave. Recursos hídricos; planejamento; gestão; metodologia; Brasil.
Publicado
2008-07-08
Seção
Artigos