MAPEAMENTO EXPLORATÓRIO DA VEGETAÇÂO EM UMA ESCALA LOCAL DE PAISAGEM: BANDA NIR COMO DADO DE PARTIDA

Resumo

O mapa da vegetação do Brasil do IBGE trouxe amplitude na sistematização dos dados e estudos da biogeografia brasileira. No entanto, as dimensões dos fragmentos florestais impõem um desafio metodológico na identificação de outras classes temáticas não contempladas, visto que foram generalizadas ou mesmo não representadas em função da escala dos mapas oficiais. Para isto é oportuno discutir metodologias que possibilitem o reconhecimento da heterogeneidade em fragmentos florestais a partir de imagens de satélite. O presente trabalho oportuniza a partir da imagem CBERS-4 PAN e das técnicas de processamento de imagens, uma proposta de determinação da heterogeneidade da vegetação em um fragmento florestal em uma área de Floresta Ombrófila Densa (FOD), do bioma da Mata Atlântica. A partir deste estudo de caso, identificou-se três padrões diferentes de vegetação em uma área classificada como FOD. A metodologia se mostrou oportuna para os estudos com poucas áreas amostrais o que pode ainda pode direcionar futuras expedições mais assertivas, a partir de informações obtidas remotamente.

Biografia do Autor

Gracianne Kovalski de Melo, Instituto Federal Catarinense (IFC)

Graduada em Engenharia Cartográfica e de Agrimensura pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Mestrado profissional em andamento em TECNOLOGIA E AMBIENTE no Instituto Federal Catarinense, IF-Catarinense.

Eduardo Augusto Werneck Ribeiro, Instituto Federal Catarinense (IFC)

Possui graduação em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1999), mestrado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2004) e doutorado em Geografia pela Universidade Federal do Paraná (2011). Atualmente é professor do Instituto Federal Catarinense (IFC) e coordenador local do Mestrado Profissional em Ensino de Geografia - ProfGEO (Brusque). É também editor das Revistas Estrabão e da Metodologias e Aprendizado. Tem área de interesse em: Educação Profissional e Tecnológica, Inovação Tecnológica, Geografia da Saúde, Geoprocessamento, Cartografia e Educação Ambiental.

Publicado
2022-09-29
Seção
Artigos