DETERMINAÇÃO DA CONDUTIVIDADE HIDRÁULICA DAS PRINCIPAIS UNIDADES GEOLÓGICO-GEOTÉCNICAS DE SANTA MARIA – RS

Resumo

Determinou-se a condutividade hidráulica saturada das Unidades Geotécnicas sedimentares de Santa Maria-RS utilizando a técnica de piezômetro escavado de Casagrande. O uso desta técnica procurou resolver problemas de alteração da estrutura, amolgamento, fuga lateral da água e a variabilidade de resultados obtidos de outros métodos. As Unidades Geotécnicas mostraram diferentes valores de condutividade hidráulica que ocorre principalmente pela variação granulométrica, cimentação e estruturas sedimentares destes materiais. Valores baixos de condutividade hidráulica foram obtidos para a Formação Santa Maria (exceto Arenito Basal) e mais elevados para Depósitos Coluvionares e Fluviais. Os resultados foram satisfatórios em relação ao tempo de ensaio e valores obtidos, confirmando e quantificando as informações contidas no na Carta Geotécnica de Santa Maria.

Biografia do Autor

Andrea Valli Nummer, Universidade Federal de Santa Maria -UFSM
Geóloga , Dra em Geotecnia, Departamento de Geociências -Centro de Ciencias Naturais e Exatas-UFSM
Publicado
2017-10-18
Seção
Artigos