MORPHOMETRY OF MATA DO AMPARO DAM, ITAMARACÁ ISLAND, PERNAMBUCO, BRAZIL

Morfometria do Reservatório Mata do Amparo, Ilha de Itamaracá, Pernambuco, Brasil

  • William SEVERI Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Resumo

A morfologia de lagos está intimamente associada ao processo geomorfológico responsável por sua origem, e influencia a dinâmica da maioria das propriedades físicas, químicas e biológicas de ambientes lacustres. Diferentes metodologias e equipamentos altamente precisos têm melhorado a capacidade técnica do mapeamento batimétrico na última década, mas seu uso tem sido aplicado a um número limitado de ambientes no Brasil, devido a seu elevado custo e carência de pessoal treinado. No presente estudo, uma abordagem acessível e de baixo custo foi usada para caracterizar a morfometria do Reservatório Mata do Amparo, um lago artificial na Ilha de Itamaracá, Estado de Pernambuco, nordeste do Brasil. Uma batimetria do lago com ecobatímetro portátil e GPS foi realizada em 372 pontos e 138 pontos adicionais do perímetro foram digitalizados numa imagem de satélite, e posteriormente interpolados para geração de mapa batimétrico, perfis em 3D e estimativa do volume. O reservatório tem área superficial de 0,042 km2, profundidade máxima de 6,2 m e volume estimado de 0,11 x 106 m3. A metodologia utilizada forneceu uma estimativa aceitável dos parâmetros morfométricos, sendo um referencial físico para futuros estudos limnológicos no reservatório.

Biografia do Autor

William SEVERI, Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Laboratório de Ictiologia / Laboratório de Limnologia. Departamento de Pesca e Aquicultura. Universidade Federal Rural de Pernambuco. Rua Dom Manoel de Medeiros - s/n, Dois Irmãos, Recife, Pernambuco, Brasil.

Publicado
2020-09-29