EFEITOS DOS CONFLITOS DE USO DO SOLO EM ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE SOBRE A PRODUÇÃO E TRANSPORTE DE SEDIMENTOS EM BACIAS HIDROGRÁFICAS: O CASO DA BACIA DO RIO DO COCO, TOCANTINS, BRASIL

Effects of soil use conflicts in permanent preservation areas on the production and transport of sediments in watersheds: case-study of the Rio do Coco Watershed, Tocantins, Brazil

  • Rejane Freitas Benevides ALMEIDA IFTO - Instituto Federal de Tocantins.
  • Laerte Guimarães FERREIRA JUNIOR Universidade Federal do Goiás
  • Maximiliano BAYER Universidade Federal de Goiás
  • José Luiz Cabral da SILVA JUNIOR Universidade do Tocantins – UNITINS

Resumo

Objetivou-se avaliar os conflitos de uso do solo em áreas de preservação permanente e sua relação com a produção e transporte de sedimentos na bacia hidrográfica do Rio do Coco. Para tanto, foram realizadas medições de descargas líquidas e sólidas no exutório das principais sub-bacias que compõem a Bacia do Rio do Coco, bem como o mapeamento dos usos presentes nas APPs. As descargas sólidas foram analisadas por meio de coletas de amostras de água para a determinação dos sólidos em suspensão usando-se a técnica de amostragem por integração vertical com uso de amostradores (DH-48 e DH-59). Já as medições de vazão foram realizadas através dos medidores de vazão ADV e ADCP. Para o mapeamento da cobertura e uso da terra nas APPs foram utilizadas imagens do satélite Landsat 8, ano 2015, sendo a segmentação das imagens realizada no ENVI, com posterior classificação por meio da inspeção visual. Os resultados indicaram que a região da alta bacia apresentou maiores irregularidades nas APPs, sendo também responsável pela maior produção e transporte de sedimentos, o que sugere uma relação com as atividades de uso na bacia.

Biografia do Autor

Rejane Freitas Benevides ALMEIDA, IFTO - Instituto Federal de Tocantins.

Instituto Federal de Tocantins. Campus Paraíso do Tocantins. Distrito Agroindustrial, BR 153, km 480, Paraíso do Tocantins – TO.

Laerte Guimarães FERREIRA JUNIOR, Universidade Federal do Goiás

Universidade Federal do Goiás. Campus II Samambaia – Cx. Postal 131 – Goiânia, GO.

Maximiliano BAYER, Universidade Federal de Goiás

Universidade Federal do Goiás. Campus II Samambaia – Cx. Postal 131 – Goiânia, GO.

José Luiz Cabral da SILVA JUNIOR, Universidade do Tocantins – UNITINS

Universidade Estadual do Tocantins.

Q. 108 Sul Alameda 11, Lote 03 - Plano Diretor Sul, Palmas – TO.

Publicado
2020-12-19