INFLUÊNCIA DO VOLUME DE ÁGUA UTILIZADO NO PROCESSO DE POLIMENTO DE ROCHAS ORNAMENTAIS NA QUALIDADE DO BRILHO FINAL

Influence of the volume of water used in the polishing process of ornamental rocks on the final gloss

  • Cássio Rigo ALTOÉ Instituto Federal do Espírito Santo/IFES
  • Leonardo Luiz Lyrio da SILVEIRA CETEM

Resumo

As rochas ornamentais são materiais naturais que passam por vários processos de beneficiamento e são empregadas para fins estéticos. O polimento faz parte do processo de beneficiamento e tem como objetivo reduzir a rugosidade da superfície do material e consequentemente conferir um maior brilho. A intensidade do brilho é um dos parâmetros para quantificar a qualidade do processo de polimento. A vazão de água durante o polimento é um fator ligado diretamente ao brilho e é uma variável ainda pouco estudada. Dessa forma, obter conhecimento sobre a quantidade a ser usada pode melhorar a qualidade da rocha e reduzir o uso do recurso hídrico na produção de rochas ornamentais. O objetivo desse trabalho foi submeter três rochas ornamentais de uso consagrado ao processo de polimento realizando variações na quantidade de água, com vista a verificar a sua influência na qualidade final das superfícies. Foram usados tipos rochosos distintos: um monzogranito, um gnaisse e um diorito, conhecidos comercialmente como: Cinza Corumbá, Branco Dallas e Preto São Gabriel, respectivamente. Esses materiais foram submetidos ao polimento em três vazões distintas. A primeira foi a quantidade usual da empresa onde se fez a pesquisa, 23,5 L/min, a segunda de 17 L/min e a terceira de 12 L/min. Notou-se que, de modo geral, com a redução do volume de água utilizado houve um aumento do brilho. Tal constatação é fundamental para a indústria, pois é um fator ligado diretamente com a qualidade do produto além de ter uma redução do uso da água durante o processo, o que permitirá com que a cadeia produtiva de rochas ornamentais se aproxime dos preceitos da sustentabilidade.

 

Palavras-Chave: rochas ornamentais, polimento, brilho, água.

Biografia do Autor

Cássio Rigo ALTOÉ, Instituto Federal do Espírito Santo/IFES

Pós-graduação em Tecnologias de Produção de Rochas Ornamentais, Instituto Federal do Espírito Santo/IFES – Campus Cachoeiro de Itapemirim. Rodovia ES-482 (Cachoeiro-Alegre), Fazenda Morro Grande, Caixa Postal 727. Cachoeiro de Itapemirim, ES

Leonardo Luiz Lyrio da SILVEIRA, CETEM

Centro de Tecnologia Mineral, CETEM-MCTIC. Rod. Cachoeiro Alegre, Km 05, Bloco 10, Fazenda Morro Grande. Cachoeiro de Itapemirim-ES.

Publicado
2020-09-30