IDENTIFICAÇÃO DOS ÍNDICES DE SENSIBILIDADE FLUVIAL AO DERRAMAMENTO DE ÓLEO EM AMBIENTES DO BAIXO AMAZONAS (ESTUDO DE CASO: SANTARÉM-PARÁ)

Identification of fluvial sensitivity indexes to oil spills in environments of the Lower Amazon (case study: Santarém - Pará)

Resumo

Este trabalho propôs utilizar o processamento de imagens RapidEye conciliado com etapas de checagem de campo para gerar um mapa de Índice de Sensibilidade Fluvial ao derramamento de óleo para a orla do município de Santarém – Pará. A classificação não-supervisionada resultou na geração do mapa de classes identificadas, composto pelas classes água, área urbana, praia fluvial, área de várzea. O índice Kappa Geral foi de ~0,86%, o qual é considerado um excelente resultado quanto acurácia da classificação.  A partir da conciliação do mapa de classes e da checagem de campo foi gerado o mapa de índice de sensibilidade fluvial (ISF) ao derramamento de óleo para a área estudada, composto por 5 índices (ISF 1- estruturas artificiais, ISF 4- escarpa / barranco, ISF 6- Praia ou banco de areia / seixo abrigada, ISF 10A- banco de macrófitas e ISF 10B- vegetação alagada (Igapós, várzea, chavascal e campo). Os ISF’s 1 e 4 que são considerados menos sensíveis aos danos ocasionados pelo contato com derivados de petróleo representam 5,1% da área total da aplicação dos índices. Já os ISF’s 6, 10A e 10B representam 94,9% da área total da aplicação do índice, estes são índices mais sensíveis.

Biografia do Autor

Suzan Waleska Pequeno RODRIGUES, Universidade de Brasília - UNB

Universidade de Brasília.

Instituto de Geociências. Campus Universitário Darcy Ribeiro ICC –

Ala Central. Brasília – DF.

Publicado
2021-03-24