PADRÕES DE LINEAMENTOS E SUA RELAÇÃO COM A MORFOLOGIA FLUVIAL DO RIO DOCE (MG) E SEUS AFLUENTES

Lineament patterns and their relationship with fluvial morphology of Doce River (MG) and its afluents

  • Juni CORDEIRO
  • Paulo Roberto Antunes ARANHA
  • Ricardo Diniz da COSTA
  • Priscilla Macedo MOURA
  • Márcio Benedito BAPTISTA

Resumo

O rompimento da Barragem de Fundão (Mariana/MG) resultou no aporte significativo de sedimentos nos rios Gualaxo do Norte, Carmo e Doce, alterando seus processos hidrogeomorfológicos. Assim, a caracterização geomorfológica e geológica-estrutural deste sistema fluvial mostra-se relevante para o prognóstico de um novo equilíbrio geomorfológico. Desse modo, objetivou-se analisar a orientação e distribuição de lineamentos associados às morfologias dos rios Gualaxo do Norte, Carmo e Doce e sua correlação com as atitudes de estruturas obtidas nos litotipos aflorantes. Para isso, foram utilizadas imagens de satélites anteriores ao rompimento para a caracterização dos padrões fluviais e identificação de lineamentos diversos. Notou-se que o sistema fluvial possuía características meandrantes, com tendência de evolução para um padrão entrelaçado. Com relação à sinuosidade, o sistema fluvial era sinuoso (54 a 73% da extensão), contendo segmentos meandrantes. Quanto à orientação dos lineamentos diversos e dos segmentos fluviais observou-se correspondência entre as direções N50°-59°W e N60°-69°W e os planos de fratura, e entre a direção N20°-29°W e os planos de foliação. Essa correspondência sugere um controle tectônico da morfologia fluvial, responsável pela direção principal dos canais e das áreas de deposição de sedimentos, os quais devem ser considerados nas ações implementadas visando a restauração do sistema fluvial.

Publicado
2021-03-24