ITAPECERICA METAMAFIC-ULTRAMAFIC ROCKS WITH E-MORB SIGNATURE: OPHIOLITIC REMNANTS OF THE RHYACIAN-OROSIRIAN OROGENY IN SOUTHERN SÃO FRANCISCO CRATON?

Rochas metamáficas-ultramáficas com assinatura E-MORB na região de Itapecerica: remanescentes ofiolíticos da Orogenia Rhyaciana-Orosiriana no Sul do Cráton São Francisco?

  • Daniel Andrade MIRANDA Universidade Federal de Minas Gerais
  • Alexandre de Oliveira CHAVES Departamento de Geologia, Instituto de Geociências da UFMG

Resumo

No sul do Cráton São Francisco, próximo a Itapecerica (Minas Gerais - Brasil), ocorre uma sucessão supracrustal de rochas, variando de baixo para cima, por, quartzito, grafita xisto, paragnaisse kondalítico e formação ferrífera bandada cujos protólitos são de bacia oceânica com idades no contexto da orogenia Riaciano-Orosiriana. Corpos anfibolíticos e metaultramáficos ocorrem associados a esta sucessão. As características mineralógicas e texturais do anfibolito permitem sugerir um protólito gabroico metamorfizado em fácies granulito e retrometamorfizado em fácies anfibolito para gerar o anfibolito. A geoquímica revela afinidade toleítica com o protólito do anfibolito, que possui uma assinatura E-MORB, associando esta rocha a um ambiente oceânico. A associação de anfibolito a metaperidotito em ambiente oceânico, sugere a transição de gabro para rocha ultramáfica em uma seqüência típica de ofiolito. Uma possível zona de sutura na região de Itapecerica/Claudio formada pela colisão entre os complexos Divinópolis e Campo Belo/Bonfim durante a orogenia Riaciano-Orosiriana, envolvendo a bacia oceânica de Itapecerica ao lado da Zona de Cisalhamento Claudio e em direção a Bacia Minas é um ambiente geológico sugestivo para a região investigada.

Biografia do Autor

Daniel Andrade MIRANDA, Universidade Federal de Minas Gerais

Universidade Federal de Minas Gerais.

Instituto de Geociências.

Avenida Presidente Antônio Carlos, 6627 - Pampulha,

Belo Horizonte – MG.

Publicado
2021-03-24