CLASSIFICAÇÃO DE ELETROFÁCIES DE UM POÇO PETROLÍFERO DESCOBRIDOR UTILIZANDO ESTATÍSTICA MULTIVARIADA: UM ESTUDO DE CASO NO CAMPO CURIMÃ (BACIA DO CEARÁ)

Electrofacies classification of a oil discovery well using multivariate statistics: a case-study in Curimã Field (Ceará Basin)

Resumo

A indústria petrolífera tem utilizado inúmeras técnicas com o objetivo de caracterizar reservatórios, sendo a caracterização petrofísica uma das mais importantes. Este trabalho utiliza dados de perfis petrofísicos do poço descobridor 1CES_0019 do Campo Curimã, Bacia do Ceará, com o objetivo de classificar eletrofácies utilizando estatística multivariada. Realizaram-se análises como: estatística básica, Análise de Correspondência e Análise Discriminante. Como resultados, obtiveram-se cinco eletrofácies: EF1, EF2, EF3, EF4 e EF5. EF1 caracteriza-se por baixo valores de GR; EF2 e EF4 caracterizam-se por menores valores de DT e maiores de RHOB; EF3 e EF5 destacam-se por valores altos de RHOB mas com variação no DT. EF4 é formada por arenitos e folhelhos bem compactados da porção inferior da Fm. Paracuru. EF2 constitui a porção intermediária da Fm. Paracuru, sendo interpretada como Membro Trairi composto por rochas carbonáticas. EF1 é a porção superior da Fm. Paracuru, formada por arenitos limpos com as melhores condições de reservatório. EF3 é interpretada como folhelhos da Fm. Ubarana, sendo rochas selantes que compõem o sistema petrolífero. Destaca-se a importância do cálculo das eletrofácies e o uso da análise multivariada, pois somente com a observação dos perfis petrofísicos não seria possível chegar ao resultado alcançado.

Biografia do Autor

Narelle MAIA DE ALMEIDA, Universidade Federal do Ceará

Universidade Federal do Ceará

Laboratório de Geologia Marinha e Aplicada (LGMA-UFC).

Campus do Pici - Blocos 912/913 - Fortaleza-CE

Geologia e Geofísica Marinha, Oceanografia Geológica e Geologia e Geofísica do Petróleo.

Publicado
2022-02-02