EVOLUÇÃO ESTRUTURAL DO DOMÍNIO INTERNO DA FAIXA BRASÍLIA MERIDIONAL NA REGIÃO DE ESTRELA DO SUL, MINAS GERAIS, BRASIL

Structural evolution of the internal domain of the Southern Brasília Belt in Estrela do Sul, Minas Gerais, Brazil

Resumo

Na região de Estrela do Sul – MG, o domínio interno da Faixa Brasília é formada pelas unidades Goiandira E e Goiandira W, Complexo Monte Carmelo e Grupo Araxá. Compreende dois compartimentos estruturais: SW, que evidencia quatro fases deformacionais (D1, D2, D3, D4) e é caracterizado por uma foliação principal (S2) com alto ângulo de mergulho para SW, associada a uma lineação mineral N-S, com baixo caimento. A fase D3, responsável pelo desenvolvimento da foliação S3, de baixo mergulho, predominantemente para SE, associada a lineação mineral E-W com baixo ângulo de caimento, é responsável pela formação da foliação S3 e estruturação geral da área. O compartimento NE apresenta estruturas semelhantes às da fase D3 no compartimento SW, com uma foliação principal de baixo ângulo de mergulho associada a lineação mineral E-W de baixo ângulo de caimento, entretanto, as estruturas de alto ângulo não foram identificadas nesse compartimento. Essas características evidenciam uma evolução tectônica conjunta dos domínios estruturais a partir da fase D3. Paragêneses minerais das rochas do Grupo Araxá e do Ortognaisse Goiandira E evidenciam metamorfismo principal no compartimento SW associado à fase D2, de fácies anfibolito, zona da estaurolita (Gr. Araxá) e sillimanita.

Biografia do Autor

Hildor José SEER, CEFET-MG

Av. Min. Olavo Drummond, 25 - Amazonas, Araxá - MG,

Publicado
2021-08-04