CARACTERIZAÇÃO HIDROQUÍMICA DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS DO SISTEMA AQUÍFERO BARREIRAS-ITAPECURU NA ILHA DO MARANHÃO, NO LITORAL NORTE DO BRASIL

Hydrochemical characterization of the Barreiras-Itapecuru Aquifer System groundwater in the Maranhão Island, North Coast of Brazil

Resumo

Este trabalho analise a hidroquímica das águas subterrâneas do Sistema Aquífero Barreiras-Itapecuru na Ilha do Maranhão. Para tanto, registros de 100 poços tubulares foram submetidos ao balanço iônico; plotados em diagrama de Piper; espacializados através dos procedimentos de Krigagem; agrupados em intervalos de classes; e confrontados aos valores máximos permitidos estabelecidos na legislação ambiental. As concentrações iônicas ocorrem na ordem Cl- > HCO3- > Na+ > NO3- > SO4-2 > Ca+2 > K+ > Mg+2. Os três primeiros íons representam 67,5% da concentração iônica média; conferem as águas subterrâneas as fácies hidroquímicas sódica cloretada e sódica bicarbonatada; e têm origem provável nos aerossóis marinhos e na dissolução do gás carbônico do solo pela água meteórica e posterior ionização. As águas subterrâneas são classificadas como doces e de rápida circulação (com 93% das amostras exibindo STD < 500mg/L) e origem nas precipitações pluviométricas, com menor/maior concentração iônica nas regiões de maior/menor altitudes, qualificando-as como prováveis áreas de recarga/descarga. Os padrões de potabilidade para o consumo humano são atendidos em 47% das amostras; em 53% não são atendidos, principalmente em relação as concentrações de nitrato > 10mg/L. Esse cenário preocupante remete para a fragilidade das políticas de saneamento na área investigada.

Biografia do Autor

Cláudio José da Silva de SOUSA, UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO

Doutorando em Geociências Aplicadas e Geodinâmica (IG/UnB), mestre em Sensoriamento Remoto (INPE) e graduado em Engenharia Civil (UFPB). Professor do Departamento de Engenharia Civil, do Centro de Ciências Tecnológicas, da Universidade Estadual do Maranhão. Coordenador de Atividades Extracurriculares da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Estudantis da UEMA.

Welitom Rodrigues BORGES, Universidade de Brasília

Welitom Rodrigues Borges possui graduação em geologia pela Universidade Federal de Mato Grosso (2000), concluiu o mestrado (2002) e o doutorado (2007) em geofísica na Universidade de São Paulo. Consultor em processamento de dados GPR no convênio entre a Unicamp e a empresa Brain Tecnologia (2004-2006). Consultor em geofísica na empresa Geopesquisa Investigações Geológicas (2006-2007). Consultor em GPR na empresa SIGEO - Soluções Integradas em Geotecnologias (2005-2007). Professor de Geofísica no Curso de Graduação em Geologia (CCA/UFES - 01/2009 a 05/2009). Atualmente Professor de Geofísica no Instituto de Geociências da Universidade de Brasília (IG/UnB). Coordenou a Equipe de Geologia/Geofísica do Grupo de Trabalho Tocantins, na busca de vestígios dos desaparecidos no evento conhecido como Guerrilha do Araguaia nos anos de 2009 e 2010. Secretário da Regional Centro Oeste da Sociedade Brasileira de Geofísica (SBGf, 2011-2014 e 2017-2018). Tutor da Phygeo (Empresa Júnior de Geofísica) desde sua criação em 2010. Líder do Grupo de Pesquisa de Geofísica Forense da UnB (dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/4193246224647769). Atual Vice-Diretor do Instituto de Geociências da UnB.

Karina Suzana Feitosa PINHEIRO, Universidade Estadual do Maranhão

Possui graduação em Engenharia de Minas pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e mestrado em Mineração e Geologia pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Especialista em Gestão Ambiental e de Meio Ambiente pela Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). Pós-Graduanda em Saneamento Ambiental pela Faculdade Unyleya. Pós-graduanda em Engenharia Geotécnica e Obras de Engenharia pelo Instituto Navigare. Atualmente é professora dedicação exclusiva da Universidade Estadual do Maranhão, atuando nos Cursos de Engenharia Civil e Geografia Bacharelado. Ministra as disciplinas de Geologia de Engenharia, Mecânica dos Solos, Geologia Geral, e Hidrogeografia. Atua nas áreas de pesquisa de Geotecnia, Geociências, Hidrogeologia e Hidrologia

Publicado
2022-10-14