REMEDIAÇÃO ELETROCINÉTICA - NOVAS TÉCNICAS

Electrokinetic remediation - new techniques

  • Raphael HYPOLITO Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo
  • Ernesto SUMI

Resumo

Métodos de remediação eletroquímicos são aqueles que podem ser utilizados na separação/eliminação de poluentes iônicos como de metais pesados. Em estudos laboratoriais as técnicas eletrolíticas foram estudadas através de células eletroquímicas contendo eletrólitos em solução e eletrodos em substrato artificial de caulim, solo natural e solo natural contaminada. Constatou-se que as melhores condições de eletrólise consistiram de soluções fortemente ácidas, maior superfície útil dos eletrodos e menor distâncias entre eles. Estudos com solo natural coletado na Região Metropolitana de São Paulo artificialmente contaminado com Cu2+ indicaram que, apesar do solo ser constituído essencialmente por caulim, o comportamento da eletrodeposição dos íons cobre (II) não foi semelhante ao experimento com caulim. Certamente outros constituintes iônicos presentes no solo natural interferiram no processo eletrolítico diminuindo o rendimento da deposição. Sabendo das limitações técnicas utilizadas tradicionalmente nos processos de remediação eletrocinética, baseando-se nos resultados experimentais deste trabalho, esses processos foram inovados, aplicando os eletrodos minimamente separados em um único poço. Como essa nova técnica, inédita, a redução dos íons cobre na água subterrânea ocorreu em curto espaço de tempo. O desenvolvimento deste aparato/técnica possibilitou o pedido de patente junto à USP Inovação (RPI – página 127 –BR 10 2016018392-8 2.1).

Publicado
2021-10-18