ARCABOUÇO ESTRATIGRÁFICO NEÓGENO-QUATERNÁRIO DA PORÇÃO OESTE DA BACIA DO SOLIMÕES, AMAZÔNIA OCIDENTAL

Neogene-Quaternary stratigraphic framework of the western portion of the Solimões Basin, Western Amazon

  • Emilio Alberto SOARES Universidade Federal do Amazonas
  • Stéfano de Mello Antonaccio SANTOS Departamento de Geociências, Universidade Federal do Amazonas, Av. General Rodrigo O. J. Ramos, 6200, 69.077-000, Manaus, Amazonas-Brasil.
  • Michele Andriolli CUSTÓDIO Departamento de Geociências, Universidade Federal do Amazonas, Av. General Rodrigo O. J. Ramos, 6200, 69.077-000, Manaus, Amazonas-Brasil.
  • Luis Antonio CASTILLO Departamento de Geociências, Universidade Federal do Amazonas, Av. General Rodrigo O. J. Ramos, 6200, 69.077-000, Manaus, Amazonas-Brasil.
  • Jamile DEHAINI Escola Superior de Tecnologia, Universidade Estadual do Estado do Amazonas, Av. Darcy Vargas, 1200, 69050-020, Manaus, Amazonas-Brasil.
  • Rodolfo DINO Departamento de Estratigrafia e Paleontologia - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rua São Francisco Xavier, 524, 20550-900, Rio de Janeiro-Brasil.

Resumo

O contexto estratigráfico da porção oeste da Bacia do Solimões, na zona limítrofe entre Brasil, Peru e Colômbia, foi elaborado com base em dados de 9 logs de sondagem (P1 a P9) do Projeto Carvão no Alto Solimões. Com os dados geológicos (testemunhos) e geofísicos (Raios Gama, Resistividade e Potencial Espontâneo) foi elaborada a seção geológica A-A’, de direção geral SW-NE, com cerca de 400 km de extensão, onde foram definidas as espessuras e limites das formações Solimões (Mioceno-Plioceno) e Içá (Plioceno-Pleistoceno) e Depósitos Quaternários. A Formação Solimões exibe continuidade lateral nas sondagens P1 a P9 e espessura em torno de 332 metros, sendo constituída por intercalações de pelitos e arenitos, com calcários, linhitos e conglomerados subordinados, que exibem padrões de adelgaçamento, espessamento e interdigitação. A Formação Içá ocorre principalmente na porção leste da seção, sendo predominantemente arenosa, com raras intercalações de pelitos e linhitos e espessura variando entre 30 a 55m, recoberta por delgados depósitos Quaternários, compostos de areia e lama (silte e argila), com espessura de até 16 metros. Perfis geofísicos proporcionaram padrões de eletrofácies e em conjunto com dados litológicos permitiram a individualização dos limites estratigráficos e das litofácies internas, que foram correlacionados nos perfis analisados.

Publicado
2021-10-18