ALTERAÇÃO ANTRÓPICA NA QUALIDADE DOS AQUÍFEROS COLUVIONAR E ITAQUERI NAS CABECEIRAS DO RIO MONJOLINHO, SÃO CARLOS-SP

Anthropic change in the quality of the Coluvionar and Itaqueri aquifers in the upstream of the Monjolinho River, São Carlos, SP

Resumo

No município de São Carlos, o importante manancial superficial do Rio Monjolinho tem as cabeceiras localizadas na região periurbana, com zona urbana consolidada, zona industrial e zona rural. Os aquíferos freáticos da sub-bacia, possuem importância na dinâmica hidrológica, entretanto ainda sem investigação quanto à sua qualidade hidroquímica. Este trabalho buscou conhecer os impactos gerados pelas atividades antrópicas nas águas subterrâneas freáticas nas cabeceiras do Rio Monjolinho e para isso foram selecionados 28 geoindicadores físico-químicos. Foram coletadas amostras de água de 7 poços de abastecimento, nos períodos de alta e baixa pluviosidade, sendo dois poços localizados dentro do perímetro urbano (P26 e P41) e cinco localizados na região rural (P12, P13, P16, P19 e P42). Os poços localizados na zona rural apresentaram concentrações maiores dos parâmetros, K e P Total, além do Ca. Na região urbana o P26 altas concentrações de Na, Cl e N-nitrato, sugerindo contaminações provenientes de esgotamento sanitário, ou pelas piscinas localizadas no entorno. O estudo identificou interferência das atividades antrópicas urbanas e rurais, como vazamento do esgoto sanitário e aumento dos lixiviados nos aquíferos freáticos na sub-bacia do rio Monjolinho.

Palavras-chave: São Carlos, qualidade das águas subterrâneas, zona periurbana, manancial de abastecimento.

Publicado
2022-05-25