DETERMINAÇÃO DE ÁREAS IMPERMEÁVEIS POR MEIO DE FERRAMENTAS DE GEOPROCESSAMENTO

Determination of waterproof areas using geoprocessing tools

  • Pedro Augusto Gonzaga MOREIRA Universidade Federal de Goiás.
  • Nilson Clementino FERREIRA Universidade Federal de Goiás
  • Thiago Augusto MENDES Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG)

Resumo

O processo de urbanização acelerado das cidades associado a falta de planejamento por parte do poder público pode gera impactos ambientais, sociais e econômicos significativos. Devido ao processo de urbanização, a impermeabilização do solo surge como um dos principais fatores associados a esses impactos, se tornando inclusive um indicador não só do grau de urbanização, mas também de qualidade ambiental. Diante disso, torna-se justificável determinar o percentual de áreas impermeabilizadas do perímetro urbano da cidade de Goiânia, estado de Goiás, Brasil, assim como, determinar a qualidade da drenagem nos setores censitários, gerando um produto que subsidiar a tomada de decisão por parte dos gestores públicos. Para determinação das áreas impermeáveis, utilizou-se a técnica de classificação orientada a objeto implementada no software gratuito InterImage. O mapa de qualidade de drenagem foi gerado por meio do cruzamento das áreas impermeabilizadas, o mapa de índice de umidade (TWI) e os dados de acesso a equipamentos de microdrenagem. O resultado final da classificação resultou em um índice Kappa 85%, considerado excelente. Em relação ao mapa de qualidade de drenagem urbana gerado, identificou-se que aproximadamente 70% da área de estudo encontra-se como muito desfavorável e desfavorável, fato esse diretamente relacionado ao alto grau de impermeabilização atual da área de estudo.

Biografia do Autor

Pedro Augusto Gonzaga MOREIRA, Universidade Federal de Goiás.

Universidade Federal de Goiás. Avenida Universitária, 280 – Setor Universitário. Goiânia – GO.

Publicado
2022-02-02