ANALYSIS OF THE MORPHOMETRIC PARAMETERS OF THE RIO PRETO BASIN, SERRA DO ESPINHAÇO (MINAS GERAIS, BRAZIL)

  • Camila de Sousa LIMA Universidade Federal de Pernambuco
  • Antonio Carlos de Barros CORRÊA Universidade Federal de Pernambuco
  • Nádia Regina do NASCIMENTO Universidade Estadual Paulista

Resumo

C. de S. Lima, A.C. de B. Corrêa, N.R. do Nascimento - Análise dos parâmetros morfométricos da bacia do Rio Preto, Serra do Espinhaço (Minas Gerais, Brasil). A Bacia Hidrográfica do Rio Preto (BHRP) está situada no centro-norte do Estado de Minas Gerais, 30 km ENE da cidade de Diamantina. A nascente do Rio Preto encontra-se no Parque Estadual do Rio Preto, que possui uma área de 10.755 hectares. A área, o perímetro, a extensão, o comprimento axial da BHRP e as outras características morfométricas, enfatizando os índices de forma, foram extraídas com o auxílio do ArcGis 9.2. Os dados cartográficos foram obtidos das cartas topográficas digitalizadas na escala de 1:100.000 do IBGE. A área de drenagem encontrada foi de 389,3 km2 e o perímetro foi de 136,9 km. Devido às influências estruturais a forma da bacia do Rio Preto é alongada e irregular, com drenagem em padrão dendrítico e paralelo. Essas características foram comprovadas através do coeficiente de compacidade e fator de forma. O primeiro foi estimado em 1,94, o que implica que a bacia não é sujeita a enchentes em anos normais de precipitação. O alto grau de dissecação fluvial da bacia é confirmado por esta ser de 5ª ordem, apresentar uma ramificação significativa e uma densidade de drenagem média. Palavras-chave: morfometria, análise morfoestrutural, índice RDE, serra do Espinhaço, Minas Gerais, Brazil.
Seção
Artigos