AS PROPOSTAS DE REDIVISÃO TERRITORIAL DO ESTADO NACIONAL BRASILEIRO

  • Herbert Toledo MARTINS Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB

Resumo

O artigo analisa as representações geográficas do Estado nacional brasileiro. São analisadas as propostas de redivisão territorial do período imperial e republicano com ênfase nos debates parlamentares das Constituintes de 1823, 1934 e 1946. Analisamse os trabalhos e as representações de uma nova redivisão territorial brasileira de Segadas Viana (1930), Teixeira de Freitas (1932), Ary Machado Guimarães (1932), Everardo Backheuser (1933), Xavier de Oliveira (1946) e Juarez Távora (1946). Argumenta- se que as decisões e escolhas da Constituinte de 1823 definiram a configuração política-administrativa do país, e que a manutenção dessa configuração está diretamente relacionada com o processo de construção do Estado nacional brasileiro

Biografia do Autor

Herbert Toledo MARTINS, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB
Membro Permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia/UFRB. Coordenador do Grupo de Pesquisa em Conflitos e Segurança Social/GPECS. Pesquisador do Instituto de Estudos Comparados em Administração Institucional de Conflitos – INCT-InEAC, Niterói/RJ
Publicado
2015-08-04
Seção
Artigos