EVOLUÇÃO DAS COBERTURAS SUPERFICIAIS HOLOCÊNICAS EM BAIXOS TERRAÇOS FLUVIAIS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO CORUMBATAÍ-SP POR MEIO DE DATAÇÃO ABSOLUTA POR LUMINESCÊNCIA OPTICAMENTE ESTIMULADA (LOE)

  • Renê Lepiani DIAS Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais - IFSULDEMINAS - Campus Passos
  • Archimedes PEREZ FILHO UNICAMP

Resumo

O objetivo deste trabalho constitui-se na datação absoluta das coberturas superficiais holocênicas em baixos terraços fluviais e aluviões recentes da bacia hidrográfica do rio Corumbataí-SP. Para atingir este objetivo procedeu-se à identificação e seleção de doze pontos em trabalho de campo, para coleta de amostras das coberturas superficiais, do material de origem dos solos e para realização de análises laboratoriais como granulometria e Luminescência Opticamente Estimulada (LOE). Resultados obtidos por meio da granulometria foram interpretados pelo diagrama textural, que permitiu a classificação dos sedimentos. Datações absolutas por LOE determinaram o momento de deposição das coberturas superficiais, auxiliando na interpretação da evolução e formação dos baixos terraços fluviais e aluviões recentes. Os resultados permitiram relacionar a formação de baixos terraços fluviais com oscilações climáticas ocorridas durante Holoceno Tardio, em que períodos mais secos entre 1.700 a 1.170 anos A.P. permitiram o desenvolvimento dos mesmos. Em fase climática mais ˙úmida e recente, houve entalhamento do canal fluvial para nível atual, possibilitando a deposição de aluviões nos ˙últimos 700 anos A.P. Conclui-se que os resultados são fundamentais para compreensão da relação entre as coberturas superficiais e formação de baixos terraços fluviais do rio Corumbataí durante o final do Holoceno

Biografia do Autor

Renê Lepiani DIAS, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais - IFSULDEMINAS - Campus Passos
Doutorando em Geografia - Departamento de Geografia do Instituto de Geociências da Unicamp. Pesquisas nas áreas de Geomorfologia e Planejamento Ambiental.
Publicado
2017-09-14
Seção
Artigos