O GEÓGRAFO E O ROMANCE: APROXIMAÇÕES COM A CIDADE

  • Janaina A.M. Silva MARONDOLA USP

Resumo

No contexto dos estudos Humanistas e Culturais em Geografia, procuramos contribuir para a ampliação das possibilidades de estudo na interface Geografia-Literatura, defendendo os estudos que enfoquem a cidade. Artefato humano por excelência, profundamente comprometido com a Literatura, a cidade moderna produziu e produz inúmeras geografias em forma de romances, que ainda precisam ser melhor exploradas no contexto dos estudos geográficos no Brasil. Esta aproximação pode produzir frutos tanto para a linha de pesquisa Geografia e Literatura, quanto para os estudos urbanos, por acrescentar a lente do artista que vive e escreve sobre a cidade, perscrutando a sua essência e produzindo representações e discursos sobre a cidade e a vida urbana. Palavras-chave: Literatura; Cidade; Geografia Humanista; Geografia Cultural.
Publicado
2008-07-08
Seção
Artigos