CARTOGRAFIA DA VIOLÊNCIA: UMA METODOLOGIA PARA CONSTRUIR POLÍTICAS PÚBLICAS

  • Maria Tereza Miceli KERBAUY FCL - UNESP
  • Darlene Aparecida de Oliveira FERREIRA FCLAR.UNESP
  • José Luís BIZELLI FCLAR.UNESP

Resumo

O objetivo do artigo é apresentar a metodologia e os resultados alcançados com a pesquisa Políticas Públicas e Violência contra Crianças e Adolescentes em Araraquara. O diagnóstico da violência contra crianças e adolescentes foi realizado com base em dados obtidos na análise das ocorrências registradas no Conselho Tutelar e na Delegacia da Mulher, com o que pudemos identificar os territórios onde é maior o índice de violência desse tipo, sua dimensão espacial e suas causas. A escolha de Araraquara - cidade localizada na região central do Estado de São Paulo, com uma população de aproximadamente 200 mil habitantes - deve-se ao fato de, apesar do baixo índice de exclusão territorial, apresentar inúmeros casos de violência contra crianças e adolescentes. A montagem de um banco de dados e a digitalização da malha urbana permitiram-nos avaliar as políticas públicas municipais para crianças e adolescentes. Palavras-Chave: Violência; crianças e adolescentes; políticas públicas; geoprocessamento; territórios da violência; cartografia da violência.
Publicado
2008-07-11
Seção
Artigos