TÉCNICA, CIÊNCIA E ESPAÇO NA MODERNIDADE ATUAL: UM BREVE ENSAIO

  • Francisco Chagas NASCIMENTO JR UNESP
  • Samira Peduti KAHIL UNESP

Resumo

O momento atual pode ser considerado o estágio supremo do processo de modernização do mundo. Também chamado de globalização, o período atual pode ser caracterizado pelas possibilidades de integração planetária e universalização das ações, próprias do projeto de modernidade. Os sistemas de ações cada vez mais racionais e obedientes são conseqüências da crescente instrumentalização do meio geográfico por sistemas técnicos constituídos de objetos também técnicos, criados pela tecnociência, cujos fins práticos garantem precisão e eficácia às ações. Difuso pelo globo, estes sistemas são a condição material e ideológica de integração dos diversos subespaços ao sistema econômico. No entanto, na medida em que a onipresença desses sistemas técnicos informacionais rompe as barreiras físicas espaciais e universalizam a produção, o consumo e as trocas, o que parece levar à homogeneização dos lugares, acabam mesmo é por destacar as especificidades locais. O lugar passa a ter, então, a propriedade de revelar o mundo em seus fundamentos (racionais e universalizantes), ao mesmo tempo em que, paradoxalmente, se distingue e se individualiza através de suas particularidades. Palavras-chave: modernidade; ciência; tecnologia; espaço geográfico; lugar.
Publicado
2008-07-16
Seção
Artigos