ESTUDO SOBRE AS EXPERIÊNCIAS VIVENCIADAS POR UM GRUPO DE MOÇAMBICANOS EM CAPACITAÇÃO NO BRASIL

  • Anna Ariane Araujo de LAVOR Universidade do Vale do Taquari (UNIVATES)
  • Margarita Rosa Gaviria MEJÍA Universidade do Vale do Taquari (UNIVATES)

Resumo

O presente artigo visa analisar elementos institucionais, transnacionais e culturais que interferiram nas relações de quatro moçambicanos, que participaram de um programa de qualificação na Rede Federal de Educação no Brasil. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas para atingir o objetivo da investigação. Percebeu-se que o preconceito étnico e racial dos brasileiros e a percepção moçambicana estigmatizada sobre a homossexualidade representaram barreiras culturais entre os países. Contudo, estas situações não impediram a troca de experiências técnicas e culturais ocorridas no Brasil.

Biografia do Autor

Anna Ariane Araujo de LAVOR, Universidade do Vale do Taquari (UNIVATES)

Doutoranda em Ambiente e Desenvolvimento pela Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Margarita Rosa Gaviria MEJÍA, Universidade do Vale do Taquari (UNIVATES)

Profa. Dra. Do Programa de Pós-Graduação em Ambiente e Desenvolvimento (PPGAD) e no Centro de Ciências Sociais (CCHS) da Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Publicado
2020-09-14
Seção
Artigos