TENDÊNCIAS ESPACIAIS NA DIFUSÃO EMPREGADAS NA AGRICULTURA PAULISTA, A PARTIR DE 1940

  • Antônio Olívio CERON Universidade Estadual Paulista

Resumo

Nas últimas duas décadas tem crescido o interesse da Geografia pelos estudos sobre difusão espacial das inovações, particularmente das inovações da natureza agrícola. O problema da difusão tem sido colocado, pelo geógrafo, no âmbito de duas categorias fundamentais de questões; a) o "como" determinada inovação se difundiu no espaço, em determinado periodos de tempo; b) p "porquê" do processo de adoção e expansão das inovações. A resposta à primeira categoria de questões é comumente encontrada a partir da descrição e analise dos padrões de difusão, impressora nas paisagem, e das tendências gerais e direção dos padrões ao longo do tempo. A segunda categoria de questões envolve respostas de maior complexidade cientifica, porque  procura identificar os possíveis fatores responsáveis e orientadores da difusão no espaço-tempo de uma inovação considerada. Objetivo deste trabalho é verificar de que maneira se comporta a difusão espacial dos tratores empregados na agricultura, durante o período de 1940 a 1970, e denunciar alguns dos fatores responsáveis pela expansão deste importante item de modernização da atividade agrícola.

Biografia do Autor

Antônio Olívio CERON, Universidade Estadual Paulista

Departamento de Geografia e Planejamento Regional, Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras de Rio Claro, Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho.

Publicado
2020-03-24
Seção
Artigos