A CONCEPÇÃO DE NATUREZA NO MEDIEVO E SUA INFLUÊNCIA NA GÊNESE DA GEOGRAFIA

Resumo

A ideia de Natureza vem permeando a ciência desde antes da constituição das Ciências Modernas, contudo não é um conceito cerrado e a concepção acerca de sua definição sofreu muitas mudanças no decorrer da história. Nesse sentido, o período da Idade Média, em especial da Baixa Idade Média, muito contribuiu para a constituição do pensamento a respeito da Natureza que acabou por influenciar a Natureza que concebemos até os dias de hoje. Sendo assim, esse artigo tem como objetivo discutir compreensões sobre a Natureza que foram sendo desenvolvidas ao longo do medievo e que perpetuaram nas ciências modernas, neste caso consideraremos principalmente a ciência geográfica. Isso porque apesar da ampla contribuição dos pensamentos deste período para a geografia, poucos estudos têm se debruçado sobre esta temática.

Palavras Chaves: Epistemologia; Baixa Idade Média; História das Ciências; Filosofia Natural; Cosmovisão.  

Biografia do Autor

Maíra Kahl Ferraz, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP)

Doutora em Geografia pelo Instituto de Geociências Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP).

Vonei Ricardo Cene, Colégio Photon (UFMT)

Doutor em Geografia pelo Instituto de Geociências da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

Publicado
2022-08-27
Seção
Artigos