GEOPOLÍTICA, MODERNISMO E IMAGEM DE CIDADE: POTENCIALIDADES E LIMITES DO PATRIMÔNIO TURÍSTICO NO DISTRITO FEDERAL

  • Lúcia Cony Faria CIDADE GEA/IH/UnB
  • Sérgio de Oliveira SOUZA UnB

Resumo

O Distrito Federal e sua área circundante contam com inegáveis recursos turísticos, com destaque para o valorizado patrimônio modernista do Plano Piloto. No entanto, essas qualidades parecem não ser suficientes para evitar o tímido papel da capital no turismo brasileiro. Um dos fatores desse descompasso pode ser a conhecida imagem contraditória da cidade. Para freqüentadores da Torre de Televisão, a palavra Brasília lembra dois tipos principais de referência: as de cunho político e geopolítico e as relativas ao caráter ou espírito da cidade. Embora a principal força de atração turística da capital derive de seu papel político, outros atrativos são bastante valorizados, notadamente seu patrimônio cultural e ambiental. Essas são características a serem preservadas e valorizadas na gestão do turismo da cidade. Palavras-chave: Distrito Federal; Brasília;; turismo; imagem de cidade, percepção ambiental.
Publicado
2008-10-22
Seção
Artigos

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)