A TERRITORIALIZAÇÃO COMO PROPOSTA PARA ORGANIZAÇÃO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE NO ÂMBITO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (SUS): ANÁLISE DE UMA PRÁTICA GEOGRÁFICA DA SAÚDE

  • Rivaldo Mauro de FARIA Unicamp
  • Arlêude BORTOLOZZI

Resumo

A territorialização vem sendo proposta como política para organização dos serviços de atenção primária à saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Pode ser entendida como a criação de territórios de atuação de unidades de saúde no interior de um município, tratando-se, portanto, de uma prática essencialmente geográfica. O objetivo deste texto é refletir sobre a territorialização da atenção primária à saúde e a prática derivada do seu entendimento conceitual. Palavras-chave: Territorialização; Atenção Primária à Saúde; Sistema Único de Saúde (SUS)

Biografia do Autor

Rivaldo Mauro de FARIA, Unicamp
Doutor em Geografia do Instituto de Geociência da Unicamp. Faz pesquisa em Geografia da Saúde, meio ambiente urbano e gestão do território.
Publicado
2013-07-14
Seção
Artigos