USO DOS PRODUTOS EVI DO SENSOR MODIS PARA A ESTIMATIVA DE ÁREAS DE ALTA VARIABILIDADE INTRA E INTERANUAL NO BIOMA PANTANAL

  • Elisabete Caria MORAES INPE
  • Gabriel PEREIRA INPE
  • Egidio ARAI INPE

Resumo

O principal objetivo deste trabalho é estimar as áreas que apresentam alta variabilidade na mudança de uso do solo intra e interanual no Bioma Pantanal para o período de 2000 a 2008 através dos produtos multitemporais do índice de vegetação EVI (Enhanced Vegetation Index) extraídos das imagens do sensor MODIS (Moderate Resolution Imaging Spectroradiometer). O produto EVI é um dos mais apropriados para o estudo da variabilidade de mudança do uso do solo. Após a aquisição das imagens do produto MOD13 (Índice de Vegetação) foram calculadas as médias para o período da estação de seca e a média anual para estes anos. Com as composições de 16 dias de EVI foram obtidas as componentes principais e realizadas a segmentação, a classificação e o levantamento das áreas desmatadas. A partir destes resultados foram criados mapas de localização das áreas de alta variabilidade do uso do solo para o Pantanal brasileiro. Verificou-se que 11,7% deste bioma apresentaram alta variabilidade, sendo que a ocorrência destas áreas situavam-se em regiões com grande influência das atividades agropecuárias, portanto, esta avaliação colaborará para a melhor compreensão da expansão e monitoramento dos principais processos de degradação antropogênica nesta região. Palavras-chave: Sensoriamento remoto. Variabilidade multitemporal. Uso antropogênico do solo. Use of MODIS sensor EVI products to estimate areas of high intra and interannual variability in Pantanal Biome The main goal of this work is to estimate the areas with high annual e interannual variability of land use changes in the Pantanal biome from 2000 to 2008 period, through the multitemporal vegetation index product EVI (Enhanced Vegetation Index) acquired from MODIS sensor (Moderate Resolution Imaging Spectroradiometer). EVI product is one of the most suitable vegetation index to study the variability in land-use changes. After acquisition of MOD13 images products (vegetation index product), the monthly averages, the average for dry season and annual average were performed and the principal components were extracted, segmented and classified to identify deforested areas. With the results, high variability areas that represent land-use changes were created for Brazilian Pantanal. Results showed that 11.7% of this biome has high variability, and the occurrence of these areas was located in regions with large influences of agricultural activities. Therefore, this study could better understanding and monitoring anthropogenic expansion and degradation. Key words: Remote sensing. Multitemporal variability. Anthropogenic land use.

Biografia do Autor

Elisabete Caria MORAES, INPE
Elisabete Caria Moraes1 Gabriel Pereira
Publicado
2011-08-25
Seção
Artigos

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)