POLUIÇÃO VEICULAR E INDICADORES DE SAÚDE AMBIENTAL NO ESPAÇO DA CIRCULAÇÃO EM MANAUS

  • Fernando Oliveira AMORIM Unesp, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Pres. Prudente/SP
  • Raul Borges GUIMARÃES Unesp, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Departamento de Geografia, Presidente Prudente/SP
  • Geraldo Alves SOUZA Universidade Federal do Amazonas, Departamento de Geografia.

Resumo

Neste trabalho relacionamos o espaço da circulação e saúde ambiental, no contexto da cidade do automóvel em Manaus. Para isto, aplicamos uma matriz de análise de indicadores ambientais baseada no modelo FPEEEA (Força Motriz, Pressão, Estado/Situação, Exposição, Efeito, Ação). A partir da correlação de indicadores socioambientais, analisamos a incidência sintomática de morbidades do aparelho respiratório em trabalhadores informais frente à exposição a poluentes atmosféricos provenientes da queima de combustível fóssil em veículos automotores nos terminais de transporte coletivo urbano em Manaus. O percurso da pesquisa permitiu uma reflexão a respeito das possibilidades de mudanças da situação ambiental, o que possibilitou realizar recomendações para o serviço público de Manaus na intenção de observar, analisar e combater o contexto de exposição aos poluentes atmosféricos e a consequente incidência de morbidades do aparelho respiratório. Para isto teve-se que considerar as contradições no seio das relações sociais nas quais os citadinos não se reconhecem como portadores da cidade como obra.

Biografia do Autor

Fernando Oliveira AMORIM, Unesp, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Pres. Prudente/SP
Arquiteto Urbanista, Filósofo, Especialista em Planejamento Urbano e Gestão Municipal, Mestre em Geografia Urbana e Saúde Ambiental. Consultoria para Prefeituras Municipais com projetos urbanos e de edificações, análises técnicas para reordenamento urbano e elaboração de Planos Diretores e Plano Local de Habitação de Interesse Social (PLHIS).
Raul Borges GUIMARÃES, Unesp, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Departamento de Geografia, Presidente Prudente/SP
Possui graduação em Geografia - Licenciatura e Bacharelado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1985), mestrado em Geografia Humana pela Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas da USP (1994), doutorado em Geografia (Geografia Humana) pela mesma faculdade em 2000 e livre docência pela Faculdade de Saúde Pública da USP em 2008. Desenvolveu programa de pós-doutorado em 2001 no Laboratório de Planejamento Urbano e Cidades Saudáveis da Universidade do Oeste da Inglaterra (UWE), em Bristol (Reino Unido). Atualmente é professor adjunto do Departamento de Geografia da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, campus de Presidente Prudente. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia da Saúde, atuando também nos seguintes temas: geografia urbana, exclusão social, política pública e cartografia temática.
Geraldo Alves SOUZA, Universidade Federal do Amazonas, Departamento de Geografia.
Possui graduação em Geografia pela Universidade Federal de Uberlândia (1989), mestrado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2001) e Doutorado em Engenharia de Transportes pelo Programa de Engenharia de Transportes da COPPE/UFRJ (2009). É professor Adjunto I do Departamento de Geografia da Universidade Federal do Amazonas, ministrando disciplinas nas áreas de Geoprocessamento e Cartografia. Área de pesquisa: transporte urbano, mobilidade e acessibilidade de populações urbanas. e-mail: geraldoalves@ufam.edu.br
Publicado
2013-07-02
Seção
Artigos