CARACTERIZAÇÃO DOS ESTÁGIOS DE SUCESSÃO ECOLÓGICA SECUNDÁRIA DA MATA ATLÂNTICA NO MÉDIO VALE DO RIO PARAÍBA DO SUL FLUMINENSE

  • Viviane Vidal da SILVA UERJ
  • Antonia Maria Martins FERREIRA uerj

Resumo

Na região do Médio Vale do Paraíba do Sul, no Estado do Rio de Janeiro, as diferentes atividades econômicas desenvolvidas desde o século XIX, baseada na intensa exploração do solo, produziram uma nova paisagem onde a Floresta Estacional Semidecidual foi reduzida a fragmentos isolados em diferentes estágios de sucessão ecológica. Este trabalho visa mapear e caracterizar os diferentes estágios da sucessão ecológica secundária da Mata Atlântica nos municípios de Barra do Piraí, Barra Mansa, Piraí, Pinheiral, Porto Real, Quatis e Volta Redonda, por meio da a interpretação visual da imagem de satélite SPOT 3/1998, utilizando o software MGE Advanced Image e Microstation. A cobertura vegetal encontra-se bastante fragmentada, inserida em matriz de pastagens, onde predomina o Estágio Médio da Sucessão Ecológica. Os fragmentos vegetais em estágio clímax representam 0,51% da área de estudo e estão localizados em porções mais elevadas do relevo. Palavras-Chave: Mata Atlântica; Mapeamento; Sensoriamento Remoto; SIG.
Seção
Artigos