A COMPREENSÃO DO PROCESSO DE PERIFERIZAÇÃO URBANA NO BRASIL POR MEIO DA MOBILIDADE CENTRADA NO TRABALHO

  • William Antonio BORGES Universidade Estadual de Maringá – Análise Regional
  • Marcio Mendes ROCHA Universidade Estadual de Maringá – Análise Regional

Resumo

O presente artigo tem como objetivo compreender o processo de periferização urbana no Brasil por meio da Mobilidade Centrada no Trabalho, no intuito de apreender as mazelas territorializadas no espaço urbano, num âmbito social, como uma conseqüência que veio se perpetuando no decorrer da história do modo de produção capitalista, que se desenrola até o momento atual, denominado de sistema neoliberal. A periferia, referida neste artigo, é tomada por uma conotação tanto física quanto social, que se configura como um espaço degradado e um ambiente que reflete uma inclusão perversa à urbanidade. Desse modo, chega-se à conclusão que a expansão da periferia se apresenta como um resultado do desenvolvimento desigual e combinado, servindo de habitat para o exército de reserva que sustenta o atual modelo econômico. Palavras-chave: Periferização urbana; mobilidade; força de trabalho; espaço urbano; desigualdade.
Seção
Artigos